Pai Nosso | 05 de 07

Estamos caminhando para a quinta reflexão acerca da oração do PAI NOSSO. Se você não leu os anteriores clique nas imagens abaixo:

Esta oração ensinada por Jesus revela não somente a simplicidade com que devemos orar, mas também revela a espiritualidade com a qual devemos nos aproximar de Deus. Mateus 6.13a – 13a E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal”. Ao mesmo tempo que a quarta reflexão foi dirigida para o perdão do pecado passado, esta se atenta para as possibilidades de pecado futuro. Jesus nos faz lembrar que há um tentador buscando nos enganar e destruir (saiba mais). Mas graças a Deus, não temos que lutar com ele sozinhos; o Senhor prometeu ajudar-nos! Jesus, nesta oração, ensina-nos como recorrer a Deus por essa assistência. Tiago 1.14-15 – 14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. 15 Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte”. Precisamos entender que a tentação é algo que nasce em nós; e o seu resultado é o pecado, que por sua vez gera morte. Há um a grande confusão entre tentação e provação. A tentação é tudo o que vem em nossas vidas para nos afastar de Deus. Provação são situações que passamos com o intuito de nos aproximar de Deus. Nesta oração existe duas sentenças que merece nossa atenção:

A) As palavras “não nos deixes cair”


Sugerem a necessidade da orientação de Deus nas decisões da vida. Devemos muito seriamente evitar a tentação, procurando andar tão cautelosamente no caminho da obediência, que nunca venhamos a induzir o diabo para nos tentar. Para isso, precisamos constantemente da ajuda de Deus. Salmos 121.1-2 –1 Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? 2 O meu socorro vem do SENHOR”.

B) As palavras “livra-nos”


Sugerem a necessidade do poder de Deus nos perigos da vida. Mas façamos o que façamos, sempre seremos tentados; daí a oração: “livrai-nos do mal”.


Deus teve um único Filho sem pecado, mas ele não tem um filho sem tentação. O homem natural nasce para a tribulação assim como o homem cristão nasce para a tentação. Por isso precisamos do poder operante de Deus nas nossas vidas. Salmos 121.3, 7 – 3 Deus não permitirá que os teus pés vacilem; não cochilará aquele que te guarda. 7 O SENHOR te guardará de todo mal; guardará a tua alma”.

Ore neste dia, primeiro para que você não seja tentado, e depois, caso a tentação venha, para que Deus te livre de todo mal.


NÃO PERCA OS PRÓXIMOS! Se você foi tocado por Deus, compartilhe com seus amigos também.

#Reflexão #Meditação #SériePaiNosso

Destaques
Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon

© 2018 por Igreja Geração Profética.

 

Rua Izaura Cunha, 12, St. Morada do Sol, Rio Verde, GO

contato@geracaoprofetica.com

WhatsApp 064 98128-6182