© 2018 por Igreja Geração Profética.

 

Rua Izaura Cunha, 12, St. Morada do Sol, Rio Verde, GO

contato@geracaoprofetica.com

WhatsApp 064 98128-6182

Pai Nosso | 05 de 07

Estamos caminhando para a quinta reflexão acerca da oração do PAI NOSSO. Se você não leu os anteriores clique nas imagens abaixo:

Esta oração ensinada por Jesus revela não somente a simplicidade com que devemos orar, mas também revela a espiritualidade com a qual devemos nos aproximar de Deus.

Mateus 6.13a – 13a E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal”.

Ao mesmo tempo que a quarta reflexão foi dirigida para o perdão do pecado passado, esta se atenta para as possibilidades de pecado futuro. Jesus nos faz lembrar que há um tentador buscando nos enganar e destruir (saiba mais). Mas graças a Deus, não temos que lutar com ele sozinhos; o Senhor prometeu ajudar-nos! Jesus, nesta oração, ensina-nos como recorrer a Deus por essa assistência.

Tiago 1.14-15 – 14 Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. 15 Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte”.

Precisamos entender que a tentação é algo que nasce em nós; e o seu resultado é o pecado, que por sua vez gera morte. Há um a grande confusão entre tentação e provação. A tentação é tudo o que vem em nossas vidas para nos afastar de Deus. Provação são situações que passamos com o intuito de nos aproximar de Deus.

Nesta oração existe duas sentenças que merece nossa atenção:

A) As palavras “não nos deixes cair”

 

Sugerem a necessidade da orientação de Deus nas decisões da vida. Devemos muito seriamente evitar a tentação, procurando andar tão cautelosamente no caminho da obediência, que nunca venhamos a induzir o diabo para nos tentar. Para isso, precisamos constantemente da ajuda de Deus.

Salmos 121.1-2 –1 Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? 2 O meu socorro vem do SENHOR”.

B) As palavras “livra-nos”

 

Sugerem a necessidade do poder de Deus nos perigos da vida. Mas façamos o que façamos, sempre seremos tentados; daí a oração: “livrai-nos do mal”.

 

Deus teve um único Filho sem pecado, mas ele não tem um filho sem tentação. O homem natural nasce para a tribulação assim como o homem cristão nasce para a tentação. Por isso precisamos do poder operante de Deus nas nossas vidas.

Salmos 121.3, 7 – 3 Deus não permitirá que os teus pés vacilem; não cochilará aquele que te guarda. 7 O SENHOR te guardará de todo mal; guardará a tua alma”.

Ore neste dia, primeiro para que você não seja tentado, e depois, caso a tentação venha, para que Deus te livre de todo mal.

 

NÃO PERCA OS PRÓXIMOS! Se você foi tocado por Deus, compartilhe com seus amigos também.

Compartilhe
Compartilhe
Please reload

Destaques

Ajude na construção deste projeto

1/10
Please reload

Recentes

01/12/2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload