© 2018 por Igreja Geração Profética.

 

Rua Izaura Cunha, 12, St. Morada do Sol, Rio Verde, GO

contato@geracaoprofetica.com

WhatsApp 064 98128-6182

VISÃO CELULAR

"Acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos." - Atos 2.47b

               As Células tem se tornado de vital importância para as igrejas locais de hoje. Todos os embasamentos desta visão, que chamamos Visão Celular, são inspirados na Palavra de DEUS. Era assim que a igreja primitiva, ou seja, a igreja dirigida pelos Apóstolos Paulo, Pedro e os demais, alcançava as vidas (Atos 2.42-47).

 

               Um dos objetivos da Visão Celular é o discipulado, sobre este assunto quero enfatizar que o próprio Senhor Jesus usou o discipulado para formar sua equipe. Essa, por sua vez, foi a responsável em expandir o Evangelho por todas as partes do mundo. A Igreja Primitiva se multiplicava nas casas, à medida que as pessoas se convertiam ao Evangelho (Atos 5.42).

 

               É assim, através das Células, que a igreja pode promover uma grande evangelização, independente da camada social. Cremos que pessoas precisam de Deus, mas pessoas também precisam de pessoas. Cremos que pessoas precisam de Deus, mas pessoas também precisam de pessoas.

Escada do Sucesso

               Ganhar vidas é um compromisso solene e indispensável, de cada cristão produtivo, de cada líder e de cada discípulo ativamente envolvido no corpo de Cristo (Marcos 16.15-16). Ganhamos vidas para Deus, para Cristo e para o Reino do Seu amor. Na verdade arrancamos as vidas das garras do inimigo.

 

               Neste processo de ganhar vidas, ganhamos, principalmente, de três formas:

                    1. Evangelismo Pessoal: numa conversa com qualquer amigo ou com qualquer pessoa;

                    2. Abordagem Amistosa: nas células, numa visita, num papo informal;

                    3. Pregação Objetiva da Palavra: mensagens, ensinos, apelos.

 

               Todas essas atividades de natureza evangelística, como todas as demais atividades da igreja, devem ser conscientemente acompanhadas de jejum, oração e batalha espiritual a favor da pessoa que se tem em vista.

               Consolidar significa firmar, dar estabilidade, tornar sólido, seguro. Significa fazer inabalável e imperturbável, cada cristão comprometido com o Salvador (João 15.1-16).

 

               A Consolidação começa no momento em que a pessoa recebe Jesus como Senhor e Salvador. Talvez antes até, como acontece com pais amorosos e preocupados, que preparam tudo para o bem do filho ainda por nascer.

 

               Neste processo de consolidar, consolidamos, principalmente, de quatro formas:

                    1. Orientação Inicial: primeiro contato (ainda no culto);

                    2. Telefonema: no dia seguinte (para firmar o relacionamento);

                    3. Visita: agendada pelo telefonema (contato pessoal);

                    4. Encaminhamento à Célula: direcionamento e acompanhamento da pessoa.

               Para tornar esta ação mais eficiente e eficaz, trabalhamos um processo denominado “Escada do Sucesso”. Trata-se de quatro degraus, ou colunas, onde toda a estrutura está construída. Esses degraus são: ganhar, consolidar, discipular e enviar. A proposta é fazer de cada crente um líder e de cada casa uma igreja.

               Discipulado é o treinamento do novo convertido que realmente o firma na fé e o prepara para uma vida cristã, produtiva e reprodutiva no reino de Deus (Efésios 4.11-16). Discipular é: treinar, ensinar, testar, provar e aprovar, pessoas sérias e interessadas para realizarem o trabalho do Senhor.

 

               Esse treinamento acontece principalmente na Escola de Líderes. É preciso enfatizar, contudo, que, a participação constante numa Célula e o envolvimento no Grupo de Liderança, são partes essenciais desse processo de firmar e afirmar, de levar à maturidade cristã o novo crente (Mateus 28.19).

               Enviar é encaminhar, liberar cada cristão já treinado para o trabalho de produção e reprodução (João 15.16). Almas, vidas, famílias sendo resgatadas como nosso único fruto permanente.

 

               Mas “como pregarão, se não forem enviados?” (Romanos 10.15). Assim questiona o grande Apóstolo Paulo. Sendo enviado pelo seu Pastor ou Líder, a cumprir a suprema ordem de evangelizar, de ganhar almas para Cristo.

 

               Mas só depois de devidamente treinada e aprovada, é que uma pessoa deve ser enviada a começar sua Célula de multiplicação e envolver-se no Discipulado.