© 2018 por Igreja Geração Profética.

 

Rua Izaura Cunha, 12, St. Morada do Sol, Rio Verde, GO

contato@geracaoprofetica.com

WhatsApp 064 98128-6182

Pai Nosso | 01 de 07

Vamos analisar a oração do PAI NOSSO ensinada por Jesus, para isso a dividirei em 6 partes e ao final trarei alguns aspectos da oração.

 

Antes de iniciarmos entenda que não é o tamanho da oração que a faz ser atendida, nem a posição do corpo, mas sim o propósito do coração de quem ora. A oração é um meio de Deus fazer com que a nossa vontade possa se tornar semelhante à vontade Dele.

 

Mateus 6.9 – 9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome”.

A) “Pai nosso, que estás nos céus”

 

Você sabia que nem todos são filhos de Deus? Isso soa estranho, eu sei. Mas a paternidade de Deus em nossas vidas só acontece quando recebemos Jesus como nosso salvador, quando aceitamos e cremos no seu sacrifício na cruz do calvário. Um dos maiores erros da humanidade é achar que todos nós somos filhos de Deus, na verdade somos criados em Deus.

 

Quando fez esta oração Jesus podia chamar a Deus de PAI porque tinha a mesma natureza divina, e para que nós possamos fazer o mesmo, devemos ser adotados como filhos de Deus, o que se alcança pela fé em Jesus Cristo. Deus é amigo, é fiel e justo, mas também é Pai, e Ele quer cuidar de nós como filhos!

 

João 1.12 – "12 Mas, a todos quantos receberam Jesus (como Senhor e salvador), deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome” - grifo do autor.

 

Ter Jesus como o Senhor e salvador de nossas vidas nos dá o poder de fazer parte da família de Deus!

B) “Santificado seja o teu nome”

 

A natureza divina de Deus é santa, ou seja, separada completamente da maldade. Este termo é uma convocação a toda a humanidade a reconhecer e honrar a santidade do nosso Pai Celeste. Quando buscamos viver de maneira santa, honramos a santidade de Deus.

 

1 Pedro 1.16 - "16 porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo".

 

Isso significa que a santidade de Deus é a razão por que devemos e podemos ser santos. Santidade é dedicação total a Deus. Podemos mostrar nossa gratidão a Deus procurando agradá-lo. Mas como podemos agradar a Deus? Através da fé e da busca por santidade.

 

A santidade de Deus deve ser refletida em nossas vidas. Quando nos arrependemos e cremos em Jesus, ele nos torna santos. Nossos pecados são todos apagados e somos purificados de nossos erros. 

Dois pontos são importantíssimos nesta primeira parte: a paternidade de Deus e nossa filiação; e, a santidade de Deus e nossa responsabilidade.

 

Portanto receba Jesus como o Senhor e salvador de sua vida todos os dias. Assim você receberá a porção da herança de filho. Feito isto, não se esqueça de viver de maneira santa para honrar a santidade de Deus!!!

 

NÃO PERCA OS PRÓXIMOS! Se você foi tocado por Deus, compartilhe com seus amigos também.

Compartilhe
Compartilhe
Please reload

Destaques

Ajude na construção deste projeto

1/10
Please reload

Recentes

01/12/2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload